12 dicas para melhorar a experiência do candidato e contratar mais

Enquanto o ambiente profissional se mostra otimista e cheio de oportunidades para os candidatos de alta qualificação, a situação para parte das empresas que contratam não é nada boa. Além de sentirem uma constante escassez de talentos, grande parte das empresas estão brigando pelos mesmos profissionais. Para complicar ainda mais, a nova geração de funcionários não quer perdurar em uma organização durante muitos anos. No fim das contas, de nada adianta ter um processo de recrutamento rebuscado se o candidato recusar a sua oferta. Para que isso não aconteça, é necessário fazer todo o processo sobre eles e estabelecer uma conexão com aqueles que buscam uma vaga. Separamos então algumas dicas para melhorar a experiência com o candidato e, consequentemente, a sua taxa de contratação.

#1. Trate seus candidatos como clientes

É comum que os candidatos estejam nervosos ao fazer uma entrevista de emprego, por isso, comece o processo de forma leve e procure entender inicialmente os fatores motivacionais que o fez buscar por essa oportunidade. Caso haja tempo para isso, convide-o a tomar um café ou faça qualquer outra atividade que o faça sentir mais confortável antes de avaliá-lo tecnicamente, afinal, em momentos de descontração você terá a oportunidade de conhecê-lo com menos filtros. Embora seu tempo seja valioso, lembre-se que a mesma regra se aplica ao tempo do candidato. Treine seu gerente de recrutamento para valorizar o candidato e encantá-lo desde o primeiro momento, isso irá refletir a imagem da sua empresa frente aos novos talentos e vai ajudá-lo a contratar mais e melhor.

#2. Simplifique o processo

Lembre-se, alguns candidatos não estarão tentando apenas um processo seletivo. Muitos deles possuem tempo limitado para realizar processos com muitas etapas, além de terem a sua motivação diretamente afetada quando se deparam com uma longa jornada de entrevistas. Procure manter o processo eficaz, embora simples.

#3. Treine todo entrevistador de sua empresa

O entrevistador será o primeiro contato pessoal que um talento terá com a empresa, e não é preciso mais de um entrevistador despreparado para perder um bom candidato. Lembre-se que assim como sua empresa, os candidatos estão bastante seletivos quanto a escolha da instituição que desejam trabalhar. No mínimo, faça uma reunião aberta para constatar que todos na sua equipe de recrutamento saibam o que deve ser avaliado para cada posição e, principalmente, seu papel no processo de entrevistas. Isso irá ajudar a prevenir que perguntas repetidas sejam feitas e o candidato se sentirá parte de um processo seletivo mais dinâmico e customizado. Para realizar processos estruturados e bem comunicados com toda a equipe é indicado o uso de um Software de Recrutamento e Seleção.

#4. Concentre-se em valores compartilhados

Os valores centrais compartilhados e a cultura organizacional estão entre algumas das maiores prioridades dos candidatos a emprego atualmente. Torne-se a escolha óbvia para os candidatos, mostrando a sua cultura no início do processo, começando por garantir que haja alinhamento de ambos os lados.

#5. Crie um site de vagas que transmita os valores da empresa

Os profissionais hoje em dia pesquisam sobre a empresa antes de aplicar a uma vaga. Assim como os recrutadores, os próprios candidatos estão cada vez mais seletivos ao escolher onde trabalhar. A geração dos Millennials está em uma crescente busca por encontrar propósito naquilo que fazem.

Por isso, deixe claro como sua empresa entrega valor a sociedade. Mostre aos interessados na vaga os prêmios e reconhecimentos que seu negócio já conquistou e não deixe de transparecer a missão, a visão e os valores da instituição. Exemplifique os diferenciais da sua empresa. Mostre os benefícios que o candidato pode conseguir e as oportunidades futuras que ele pode alcançar.

#6. Faça entrevistas conversadas

Em vez de ter todas as perguntas preparadas com antecedência, procure levar a entrevista em forma de um diálogo corrido e encontre o melhor momento para fazer as perguntas padrão para aquela oportunidade. Uma pergunta simples como  “Qual ideia você daria a esse novo projeto (apresenta o projeto)?” pode gerar um longo diálogo. Essa mudança de fluxo dá aos candidatos uma ruptura com as perguntas tradicionais da entrevista e dá-lhes a oportunidade de trazer ideias sobre projetos atuais, processos e melhorias que poderiam contribuir.

#7. Faça com que a oportunidade valha a pena

É mais provável que sua oferta tenha mais poder de persuasão se oferecer uma oportunidade de crescimento para assumir novas responsabilidades. Ao se encontrar inicialmente com seu gerente de recrutamento para discutir o perfil do candidato, considere identificar os talentos em ascensão e veja quais papeis no futuro ele, eventualmente, possa desempenhar.

#8. Invista em uma experiência digital para o candidato

A primeira impressão de uma empresa já não vem mais de uma entrevista pessoal ou um telefonema, vem do site. Além de mostrar a cultura da empresa, o site deve ser responsivo para dispositivos móveis. Procure simplificar o processo de candidatura e invista em um layout atrativo para o público que deseja atingir.

#9. Avalie competências técnicas no momento certo

Não sobrecarregue os candidatos muito cedo no processo de entrevista com projetos, desafios de codificação ou outras tarefas robustas. O cronograma é fundamental e as fases intermediárias no processo de entrevista são o momento correto para aplicar esses testes, uma vez que será assegurado que ambas as partes estejam interessadas. Exigir um desafio de codificação logo no início, antes mesmo do candidato falar com um entrevistador, é uma prática não recomendada.

#10. Abandone o email e dê feedbacks por telefone

Isso realmente faz a diferença para candidatos, especialmente se você não está dando as melhores notícias possíveis. Dar feedbacks em tempo real é algo muito valorizado pelos profissionais e certamente irá melhorar a imagem da sua empresa frente a novos candidatos.

#11. Meça suas falhas e sucessos

Você simplesmente não pode melhorar o que você não mede e compara. Comece a implementar pesquisas de experiência de candidatos e rastreie o índice de promotores para obter um indicador real de como você está evoluindo com seu recrutamento. O melhor momento para enviar essas pesquisas são geralmente após a sua primeira entrevista, antes de qualquer notícia sobre os próximos passos ter sido fornecida ao candidato para evitar receber resultados tendenciosos.

#12. Otimize seu ATS (Applicant Tracking System)

A desorganização pode matar os esforços de recrutamento. O software de recrutamento e seleção da Bigland.co permite que as empresas se mantenham organizadas e em contato com os candidatos do início ao fim do processo seletivo.

A Bigland.co permite que recrutadores e gerentes de contratação encontre candidatos de forma facilitada, divulgue vagas, estruture processos seletivos eacompanhe métricas importantes para o R&S. A maior fonte de reclamação dos candidatos é que as empresas não se comunicam com eles durante o processo seletivo. O recurso de email bidirecional da Bigland.co dá ao recrutador a capacidade de enviar comunicações específicas para manter um relacionamento próximo com cada talento.

Seguindo essas dicas sua empresa estará apta a melhorar a experiência do candidato, além de contratar mais e melhor. Tem algum outro ponto que você considera importante para melhorar o relacionamento com os talentos? Contribua com um comentário para participar da discussão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bigland.co

Av. Angelica, 2529

01307 São Paulo – SP – Brasil

5/5

Plataforma exponencial para recrutamento e seleção, Inteligência Artificial, Apps

Simples, Fácil e Acessível.

 

 

 

 

 

 

 

 

© 2019 Copyright, All Rights Reserved by Bigland.co, Everything are Create and Design with Bigland.co